user_mobilelogo

Noticias

Com 8 anos de funcionamento, a Fundação de Previdência Complementar do Estado do Espírito Santo (Preves) busca manter-se em constate modernização. Com a realidade posta pela pandemia, esse padrão se fortaleceu ainda mais. A organização avançou ainda mais no processo de informatização dos seus processos internos e os destinados aos seus participantes.

“Navigare necesse; vivere non est necesse”, dizia o general romano Pompeu aos marinheiros amedrontados em viajar durante a guerra. Anos mais tarde, Fernando Pessoa pega para si o sentido da frase e eterniza “Navegar é preciso, viver não é preciso.” Aventurar-se e engrandecer-se era uma necessidade, porém a vida segue seus caminhos erráticos e mesmo a navegação guiada por instrumentos precisos não garante o sucesso da jornada, nem o destino. Afinal, uma tempestade no meio do caminho pode mudar tudo.
 

 

No dia 30/06 às 15h a Fundação de Previdência Complementar do Estado do Espírito Santo (Preves), irá realizar uma live com o tema Ciclo de Commodities.

A apresentação tem como objetivo apresentar o ciclo de commodities no cenário atual e seus desdobramentos durante o último ano nos investimentos mundiais, nacionais e da fundação.

Aprovado pela PREVIC em 16 de novembro de 2020 a Fundação de Previdência Complementar do Estado do Espírito Santo – PREVES, disponibiliza o plano de benefícios multipatrocinado para Entes Federativos Municipais e Estaduais, denominado PREVES ENTES. É destinado aos Estados e Municípios brasileiros que necessitam implementar o regime de previdência complementar para seus servidores públicos e não possuem condições de criarem suas próprias entidades fechadas de previdência complementar.

Para não cair na malha fina, os servidores que investem em planos de previdência complementar da Preves devem ficar atentos ao preencher a declaração de Imposto de Renda 2021, referente ao ano base 2020. 

O programa ainda não foi disponibilizado pela RFB, mas a expectativa é que o período de Declaração seja entre 01/03/2021 a 30/04/2021.

Para declarar corretamente, é importante seguir o informe de rendimentos disponibilizado pela área de Recursos Humanos (RH) de cada órgão.  Tire suas dúvidas a seguir: